Negócios da Siemens são negócios limpos

Sistema de Compliance da Siemens: Responder
Introdução

Sistema de Compliance da Siemens: Responder

O terceiro pilar provê consequências claras e respostas inequívocas, cujo papel é importante na prevenção de violações. Neste sentido, a Siemens reage às violações de compliance e aplica lições do passado para continuamente melhorar seu sistema de compliance.

Consequência para má-conduta

Código de Conduta Profissional

A Siemens espera que seus colaboradores e gestores ajam de acordo com as leis e regulamentos aplicáveis e com as diretrizes internas da empresa. A essência de compliance em qualquer empresa é a determinação explícita da administração a todos os colaboradores que as leis precisam ser obedecidas e que nenhuma infração será tolerada. Na Siemens, essa determinação está detalhada no Código de Conduta Profissional, que determina que os colaboradores têm de obedecer às leis e não apenas em termos gerais. Ela também contêm normas precisas sobre compliance das leis em concorrências e situações de corrupção (entre outras), além de normas a respeito de doações e presentes, como evitar conflitos de interesse no fornecimento de serviços, proibição de uso de informações privilegiadas e proteção dos ativos da empresa.

Cumprir todos os requisitos do Código de Conduta Profissional é obrigatório para todos os colaboradores da empresa e membros da Diretoria Executiva ao redor do mundo. Os membros do Conselho de Administração também cumprem esse código, onde aplicável. Uma versão revisada do Código de Conduta Profissional entrou em vigor em janeiro de 2009. O Sistema de Compliance da Siemens também inclui diversos outros regulamentos que são aplicáveis à empresa inteira e que complementam o Código de Conduta Profissional .

Remediação

Durante as investigações, além da avaliação de possíveis desvios de conduta, são avaliados também o ambiente e processo em que estas condutas estão inseridas.
 

Se forem identificadas falhas no ambiente e/ou nos processos, o Compliance sugere, através de recomendações em seu relatório de Investigação, melhorias no ambiente e/ou nos processos para que determinada conduta não se repita e que as deficiências identificadas sejam eliminadas ou mitigadas.
A implementação destas recomendações são monitoradas pelo Compliance, até sua total conclusão

Conselho e suporte

Reportes de possíveis violações de compliance de qualquer lugar da empresa são registrados em uma ferramenta  global de acompanhamento do caso.  Os casos  são tratados de forma centralizada pelo Compliance Legal  mundial ou pelo respectivo Compliance Officer local, dependendo do assunto e da gravidade da acusação. Investigações oficiais por autoridades do governo, reportes de violações da leis antitruste, leis de concorrência ou assuntos envolvendo  consequência financeira significativa ou danos à reputação da empresa devem ser relatadas centralmente. Todos os casos, inseridos no sistema são verificados pelo departamento financeiro e fiscal e pelo auditor independente para identificar quaisquer consequências para as demonstrações financeiras da empresa. Os casos também estão incluídos nos relatórios de compliance do Chief Compliance Officer à Diretoria e ao Comitê de Compliance  do Conselho Fiscal.