Futuro da Indústria

 

Futuro da Indústria

Introdução

Com a intensa evolução dos processos de automação nos últimos anos, a indústria experimenta a quarta grande mudança nos paradigmas de produção, um conceito conhecido na Alemanha como “Industrie 4.0”. Para continuar competindo nesse novo cenário, as empresas, independentemente de seu setor ou tamanho, precisam investir na digitalização.

Isso porque somente ela permite ao empresário reunir e avaliar dados sobre a sua produção de maneira dinâmica, para que ele possa redefinir constantemente, em tempo real, os processos de seu negócio, de acordo com as demandas de seu cliente final. E todas essas informações podem ser usadas para gerar novo conhecimento sobre aquela produção.

A Siemens oferece tecnologias no segmento industrial capazes de maximizar a velocidade, a eficiência, a flexibilidade e a qualidade na produção dos clientes. Por meio das Divisões Digital Factory e Process Industries and Drives, o Grupo apresenta soluções de quatro tipos: software e automação industrial, expansão de redes de comunicação, segurança e serviços industriais específicos para cada cliente.

Digital Factory

O setor industrial brasileiro definitivamente colocou o tema da Indústria 4.0 em sua pauta e a Siemens tem desempenhado um papel protagonista neste contexto.

O uso de recursos de digitalização hoje possibilita maior previsibilidade na criação de uma nova fábrica ou na modernização de processos já existentes, otimizando o capital de investidores. A Siemens faz uso das sinergias geradas da conexão dos mundos real e virtual, trabalhando o conceito de Empresa Digital (Digital Enterprise).

O ano de 2017 começou a esboçar uma discreta retomada nos investimentos industriais no Brasil, especialmente nas áreas que focaram em exportações, mas não a ponto de significar um aumento relevante nos gastos com novas máquinas e equipamentos. Por outro lado, a necessidade de aumentar a lucratividade nos negócios industriais tem levado o segmento a buscar meios de ampliar sua produtividade.

O evento da Siemens “Fazendo o Brasil Avançar com Engenhosidade” apresentou a um público de tomadores de decisão produtos e soluções já sintonizados com a Indústria 4.0. Também foi destaque, ao longo de 2017, o Innovation Tour, roadshow em 22 cidades, com a nova versão do Portal de Automação Totalmente Integrado (TIA Portal), plataforma de engenharia com ampla gama de novas funcionalidades.

Outro foco cada vez mais relevante é o da proteção, à medida que recursos virtuais se tornam rotineiros. A Siemens dispõe de ferramentas de segurança cibernética para sistemas industriais, possibilitando que a indústria explore o potencial das ferramentas virtuais, reduzindo riscos de exposição de dados estratégicos.

A digitalização dos processos contribui de forma direta para a produção de produtos personalizados em larga escala, tornando possível responder de maneira incrivelmente rápida quando, onde e em que velocidade produzir, e isso tudo antes mesmo de colocar esses produtos em produção. O conceito de ‘gêmeo digital’ oferece à empresa a chance de avaliar, virtualmente, todo o ciclo de vida do produto da fábrica que o produzirá, desde a sua concepção.
Renato Buselli, Diretor da Divisão Digital Factory

Scania

A fabricante de veículos SCANIA, presente no Brasil há 60 anos, tinha a necessidade de viabilizar uma produção mais rápida, eficiente e com menor risco de parada. Então, optou pela Siemens para instalar tecnologias inovadoras do segmento de automação em sua planta na cidade de São Bernardo do Campo (SP).

O negócio foi uma evolução da parceria bem-sucedida das duas empresas na Suécia, sede da SCANIA, em que foram instalados controladores S7-1500 da Siemens, responsáveis por proporcionar alto grau de satisfação do cliente.

Com a tarefa de criar as novas cabines da SCANIA, a planta de São Bernardo do Campo passou a contar com uma linha de controladores feita pela Siemens. Ali, é possível acionar os processos de montagem e fechamento das cabines de maneira confiável e eficiente, configurando-se um dos primeiros passos para se chegar à Indústria 4.0

Process Industries and Drives

Empresas do setor industrial precisam, a todo tempo, assegurar alta produtividade com níveis inquestionáveis de qualidade.

Fornecedores de produtos e soluções industriais empenham-se em atender a esse binômio, mas a Siemens extrapola esse papel, garantindo o retorno financeiro dos investimentos por meio de planos de negócios customizados.

Ao investir, por exemplo, em inversores de frequência, uma planta industrial pode obter economias em torno de 50% no consumo de energia elétrica, que representa um dos custos mais altos no processo produtivo. Em momentos de estagnação econômica, como os dois anos anteriores, e de discreta retomada, como 2017, o ganho em produtividade apresenta-se como verdadeiro instrumento de lucratividade para o setor industrial.

A contribuição da Siemens no campo dos processos e soluções industriais divide-se em quatro grandes linhas: Automação de Processos, Sistemas de Movimentação Integrados, Sistemas de Sensores e Softwares de Engenharia Industrial. Atuando de acordo com suas especificidades, todos trabalham unidos em torno do conceito de Empresa Digital (Digital Enterprise).

Da engenharia integrada à integração de operações, a Siemens oferece uma linha completa de serviços e produtos que ajudam o empresário a enfrentar vários desafios, por meio do aumento da eficiência de seus processos.

A presença da Siemens no segmento industrial extrapola o papel de fornecedora de produtos e serviços. Nossa atuação no mercado consiste no entendimento dos negócios de cada cliente, estabelecendo em parceria as melhores soluções customizadas para cada empresa, inclusive com a projeção de economia de recurso por meio da implantação de soluções que aumentam a eficiência energética das instalações industriais.
Renato Buselli, Diretor da Divisão Digital Factory

Vale - Segurança Cibernética

Os processos industriais da Vale, maior mineradora do Brasil, têm evoluído para notáveis níveis de automação em suas várias localidades, no País e no exterior, criando o desafio de mensurar e gerir o nível de segurança desses sistemas, sendo que cada área realiza seu próprio controle. 

Para responder a esse desafio, a Divisão Process Industries and Drives e a Chemtech, empresa do Grupo Siemens, foram contratadas para um projeto em duas fases. Na primeira, com o desenvolvimento de um Modelo de Gestão para Segurança da Informação Industrial, além de uma Metodologia de Avaliação da Segurança Cibernética, com o objetivo de padronizar as avaliações realizadas nas unidades industriais.

Na segunda fase, será colocada em prática a metodologia, a fim de mapear os riscos e não conformidades existentes nas unidades, seguindo os critérios definidos na fase anterior. Na sequência, um plano de ação será elaborado para que sejam tomadas decisões em relação aos pontos de melhoria identificados. 

Indicadores GRI - G4: 2 • 4 • 8 • EC2 • EC7 • EC8 • EN27

Download do Relatório em PDF

Nesse relatório você tem acesso aos dados de desenvolvimento dos negócios da Siemens, além de outras informações relacionadas às nossas atividades financeiras no ano de 2017.