imprensa

Imprensa

Siemens divulga a primeira 'Electric Avenue' convertida do Reino Unido
  • A Sutherland Avenue é a primeira avenida residencial do Reino Unido totalmente convertida para fornecer pontos de carregamento de veículos elétricos em postes de luz
  • Conversões atendem à crescente demanda por veículos elétricos, acrescentando 24 pontos de carregamento
  • Westminster poderá atingir sua meta de mil pontos de carregamento para 2020

A Siemens divulgou a primeira avenida do Reino Unido, com mais de 800 metros de comprimento, que foi totalmente convertida para atender ao carregamento de veículos elétricos (VE), chamada de 'Electric Avenue, W9'.

 

O projeto, em colaboração com a ubitricity e a Câmara Municipal de Westminster, converteu com sucesso 24 postes de iluminação em pontos de carregamento de VE usando a infraestrutura existente da cidade. Agora, os moradores podem carregar os VEs em vários locais ao longo da Sutherland Avenue, em Londres, com mais duas ruas adjacentes que deverão ser concluídas nas próximas semanas.

 

O lançamento ocorre após uma pesquisa realizada pela Siemens mostrando que mais de um terço (36%) dos motoristas britânicos planejavam comprar um veículo híbrido ou elétrico como seu próximo carro, com duas em cada cinco pessoas (40%) dizendo que a falta de pontos de carregamento os impediu fazê-lo antes, passando esse a ser o maior fator que impede os motoristas de comprar um veículo elétrico ou híbrido.

 

A "Electric Avenue, W9" mostra uma mudança de atitude em relação aos veículos elétricos pela qual a capital britânica está passando. Os dados mostram que 80% dos motoristas no centro de Londres acreditam que é "muito importante" melhorar a qualidade do ar e 83% ficaram mais preocupados com sua pegada de carbono nos últimos cinco anos. Westminster registrou um crescimento de 40% nos veículos elétricos carregados na cidade em 2019.

 

Avanço

Atualmente, a Câmara Municipal de Westminster tem mais pontos para VEs do que qualquer outra autoridade local do Reino Unido, com um total de 296 pontos de carregamento em postes de iluminação na cidade, 24 dos quais localizados na 'Electric Avenue, W9'. Há planos para atingir mil pontos de carregamento em Westminster no próximo ano, uma vez que o distrito possui o dobro do número de veículos elétricos registrados localmente do que qualquer outro distrito de Londres e a maior quantidade entre todos os outros distritos de Londres. 

 

A Siemens e a ubitricity já concluíram mais de 1.300 instalações contemplando a extensão da cidade, financiadas significativamente pelo esquema Go Ultra Low Cities, apoiando a campanha do prefeito de Londres, Sadiq Khan, #LetLondonBreathe e sendo pioneiras para melhorar a qualidade do ar de Londres.

 

 “Sabemos que metade da poluição do ar de Londres é causada pelo transporte rodoviário e Westminster é uma área particularmente movimentada. Embora não possamos resolver o desafio da qualidade do ar da noite para o dia, a 'Electric Avenue W9' é uma demonstração importante do que é possível, usando a infraestrutura existente da cidade. Isso ilustra como as ruas residenciais ficarão no futuro próximo e acelera a mudança para veículos com emissão zero”, disse Cedrik Neike, membro do Conselho de Administração da Siemens AG e CEO da Siemens Smart Infrastructure.

 

“Em uma cidade que sofre com a pior poluição do ar do país, precisamos apoiar a mudança para tecnologia verde o máximo que pudermos. A 'Electric Avenue, W9' nos dá um vislumbre do futuro nas ruas de Westminster, onde esperamos fornecer a infraestrutura necessária para que nossos moradores mudem para um transporte mais limpo e ecológico”, disse o vereador Andrew Smith, membro do gabinete do Câmara Municipal de Westminster para Meio Ambiente e Rodovias.

 

Linhas cruzadas

Atualmente, os motoristas acreditam que existem apenas 100 a 200 pontos de carregamento de VEs em Londres, o que representa menos de 10% das instalações da Siemens atualmente disponíveis. Enquanto isso, quase um terço acredita que não há pontos de carregamento de VEs perto de sua casa ou local de trabalho.

 

A transformação da Sutherland Avenue utiliza a infraestrutura existente para pontos de carregamento de VE, criando uma rede simples e rápida que procura fornecer carregamento para os oito mil VEs previstos para serem registrados na Câmara Municipal de Westminster até 2025.

 

“O carregamento em postes de luz oferece às pessoas que não possuem garagens para automóveis, uma maneira muito conveniente, de baixo custo, renovável e ecológica de carregar seus VEs. Os carros passam 95% de suas vidas parados, por isso faz sentido carregá-los enquanto o motorista está fazendo outra coisa, como dormir ou trabalhar. Nossa tecnologia foi projetada para manter os custos de instalação e manutenção baixos, o que se traduz em custos baixos a longo prazo para motoristas de veículos elétricos e municípios”, disse Daniel Bentham, diretor administrativo da ubitricity no Reino Unido.

 

Falando sobre a Electric Avenue, W9, a vice-prefeita de Londres para o Meio Ambiente e Energia, Shirley Rodrigues disse: “Nossa ação ousada para combater a poluição do ar e as ameaças climáticas da capital está provocando uma revolução no transporte elétrico na capital. No ano passado, mais de 140 organizações apoiaram a Força-Tarefa de Infraestrutura de VE do prefeito - desenvolvendo um plano sobre como expandir os pontos de carregamento públicos em toda a capital. Esse tipo de inovação é o que estamos buscando e ajudará muito a sustentar a nossa crescente rede de carregamento”.  

 

"À medida que a proibição de carros a gasolina e diesel se aproxima e os distritos de Londres trabalham para melhorar nossa qualidade do ar, estamos entusiasmados por termos concluído nossa primeira avenida totalmente convertida, a 'Electric Avenue, W9'. Nossa parceria com a ubitricity para converter postes de luz em pontos de carregamento para veículos híbridos e elétricos é uma das muitas iniciativas que a Siemens está empreendendo para ajudar a preparar nossas ruas para o futuro e ajudar os motoristas a fazer escolhas melhores quando se trata de viajar ”, disse Bernard Magee, diretor de vendas da Future Grid da Siemens. .


Notas para jornalistas:

Pesquisas adicionais: Um terço das pessoas (36%) manifestou preocupação de que não haveria bateria suficiente para atender às suas necessidades de viagem. A tecnologia usada nas conversões permite que os VEs sejam carregados durante a noite para um alcance de aproximadamente 200 – 300 quilômetros, dependendo do sistema de carregamento da bateria usado no carro. Os carros híbridos costumam ser totalmente carregados em cerca de duas a três horas.

Contato para imprensa:

 

In Press Porter Novelli

Fábio Suzuki

Tel.: +55 11 4871-1493

E-mail: fabio.suzuki@inpresspni.com.br

 

Jordan Fraiberg

Tel.: +55 11 3323-3829

E-mail: jordan.fraiberg@inpresspni.com.br

 

Lúcia Calasso

Tel.: +55 11 3323-1548

E-mail: lucia.calasso@inpresspni.com.br

 

Siemens Brasil

Comunicação Corporativa - Imprensa

Priscilla Garcez

Tel.: +55 11 98996-2610

E-mail: priscilla.garcez@siemens.com

 

A Siemens Smart Infrastructure (SI) está definindo o mercado de infraestrutura inteligente e adaptável atual e para o futuro, para atender aos desafios urgentes da urbanização e das mudanças climáticas, conectando sistemas de energia, edifícios e indústrias. A SI oferece aos clientes um portfólio abrangente e completo de produtos, sistemas, soluções e serviços de apenas uma fonte, que envolvem desde o ponto de geração de energia até o consumo. Com um ecossistema cada vez mais digitalizado, colabora para o progresso de clientes e comunidades, enquanto ajuda a proteger o planeta. A SI cria ambientes que se importam com o planeta. A sede global da Siemens Smart Infrastructure está localizada em Zug, na Suíça, e a empresa possui cerca de 71.000 funcionários em todo o mundo.

 

Sobre o Grupo Siemens no Brasil

A Siemens está presente no Brasil há cerca de 150 anos e faz parte de um conglomerado global de tecnologia que se destaca pela excelência em engenharia, inovação, qualidade, confiança e internacionalidade por 170 anos. A Siemens atua globalmente com foco nas áreas de eletrificação, automação e digitalização. Uma das maiores produtoras mundiais de tecnologias voltadas à eficiência energética e à economia de recursos, a Siemens é líder no fornecimento de soluções eficientes de geração e de transmissão de energia, pioneira em soluções de infraestrutura, automação, drives e softwares para a indústria. Por meio da Siemens Healthineers, sua subsidiária listada na bolsa de valores, a empresa também é uma provedora líder de equipamentos médicos de imagem - como tomografia computadorizada e sistemas de imagem por ressonância magnética - e líder em diagnósticos laboratoriais, bem como em TI clínica.

 

As primeiras atividades da empresa no Brasil datam de 1867, com a instalação da linha telegráfica pioneira entre o Rio de Janeiro e o Rio Grande do Sul. Em 1905, ocorria a fundação da empresa no País. Ao longo de sua história no Brasil, a Siemens contribuiu ativamente para a construção e para a modernização da infraestrutura. Hoje, os equipamentos e sistemas da Siemens são responsáveis por 50% da energia elétrica gerada nacionalmente, 30% dos diagnósticos digitais por imagem realizados no Brasil e estão presentes em 2/3 de todas as plataformas offshore brasileiras projetadas nos últimos 10 anos. Atualmente, a empresa Siemens conta com 13 fábricas e sete centros de Pesquisa e Desenvolvimento espalhados por todo o território nacional.

 

Para mais informações acesse nosso website: www.siemens.com.br

 

Para informações sobre a Siemens AG acesse: www.siemens.com