imprensa

Imprensa

Siemens fecha acordo para fornecer infraestrutura para ônibus elétricos em Nuremberg, na Alemanha
  • Tecnologia de carregamento será instalada em 39 vagas no inovador terminal de ônibus elétricos da VAG
  • Companhia também será responsável pelo carregamento paralelo de 20 ônibus com até 150 kilowatts
  • Siemens incentiva transporte urbano sustentável com soluções de fornecimento com 100% de eletricidade verde 

A Siemens Smart Infrastructure fechou um acordo com a Verkehrs-Aktiengesellschaft Nürnberg (VAG) – empresa responsável pelo transporte público de Nuremberg - para equipar seu novo “eBus port” com uma infraestrutura de conexão e carregamento de média tensão. Localizado em Schweinau, subúrbio da cidade alemã, o local conta com 39 vagas de estacionamento e será um dos maiores terminais de ônibus elétricos da Alemanha. Em construção, o “eBus port” está previsto para começar a operar em 2021 com 100% de eletrecidade verde.

Os ônibus elétricos são essenciais para reduzir a poluição do ar e do ruído nas cidades e, assim, melhorar a qualidade de vida. Apenas um eBus viajando aproximadamente 200 km por dia pode economizar cerca de 60 toneladas de CO2 por ano, mesmo em comparação com os ônibus a diesel mais modernos. Por esse motivo, a eletrificação do transporte público local costuma ser um aspecto essencial das medidas climáticas nas cidades.

 

“O terminal será o novo lar da nossa frota eBus, que expandiremos sucessivamente nos próximos anos”, disse Josef Hasler, CEO da VAG. “Estamos muito satisfeitos por trabalhar com a Siemens para avançar ainda mais nossa estratégia de mobilidade eletrônica para o transporte público local. Com a experiência da empresa de tecnologia em soluções de rede e de carregamento, podemos projetar o terminal de carregamento para máxima eficiência e garantir alta disponibilidade para nossa frota eBus. A eMobility é o futuro, também no setor de ônibus. Carregados com eletricidade verde, os ônibus criam valor real para o meio ambiente, o clima e os cidadãos e contribuem significativamente para a transformação do transporte”, completa Hasler.  

 

Em um total de 39 vagas no inovador eBus Port da VAG, a infraestrutura de carregamento da Siemens suportará o carregamento simultâneo de até 20 ônibus durante a noite ou durante outros intervalos nas operações ao longo do dia. Para conectar o terminal à rede elétrica pública, a Siemens instalará sistemas diversos que incluirão equipamentos de média tensão e transformadores. A energia dentro do depósito será distribuída para as estações de carregamento individuais por meio de aparelhagem de baixa tensão.

 

O sistema de carregamento será composto por 20 estações de carregamento Sicharge UC 200. Cada uma delas pode fornecer até 150 kW, alimentando duas vagas de estacionamento por meio de um cabo e conector de carregamento.

 

“Para o carregamento em terminais, é essencial integrar os processos de carregamento à infraestrutura e fluxos de trabalho da melhor maneira possível”, explicou Jean-Christoph Heyne, Head of Future Grids da Siemens Smart Infrastructure. “No início, na fase de projeto, analisamos quanta eletricidade está disponível no local e quantos ônibus precisam carregar simultaneamente. Com nosso portfólio, estamos ajudando a VAG Nuremberg a configurar o carregamento elétrico em um de seus primeiros grandes terminais, tanto para flexibilidade quanto para eficiência econômica”, completa Heyne.

 

Para obter mais informações sobre a Siemens Smart Infrastructure, consulte 

http://www.siemens.com/smart-infrastructure

 

Para mais informações sobre o sistema de carregamento Sicharge UC, visite

www.siemens.com/sichargeuc

Contato para imprensa:

 

In Press Porter Novelli

Fábio Suzuki

Tel.: +55 11 4871-1493

E-mail: fabio.suzuki@inpresspni.com.br

 

Jordan Fraiberg

Tel.: +55 11 3323-3829

E-mail: jordan.fraiberg@inpresspni.com.br

 

Lúcia Calasso

Tel.: +55 11 3323-1548

E-mail: lucia.calasso@inpresspni.com.br

 

 

Siemens Brasil

Comunicação Corporativa - Imprensa

Ludyane Lara

Tel.: +55 11 94366-7385

E-mail: ludyane.lara@siemens.com

 

A Siemens Smart Infrastructure (SI) está definindo o mercado de infraestrutura inteligente e adaptável atual e para o futuro, para atender aos desafios urgentes da urbanização e das mudanças climáticas, conectando sistemas de energia, edifícios e indústrias. A SI oferece aos clientes um portfólio abrangente e completo de produtos, sistemas, soluções e serviços de apenas uma fonte, que envolvem desde o ponto de geração de energia até o consumo. Com um ecossistema cada vez mais digitalizado, colabora para o progresso de clientes e comunidades, enquanto ajuda a proteger o planeta. A SI cria ambientes que se importam com o planeta. A sede global da Siemens Smart Infrastructure está localizada em Zug, na Suíça, e a empresa possui cerca de 71.000 funcionários em todo o mundo.

 

Sobre o Grupo Siemens no Brasil

 

A Siemens está presente no Brasil há cerca de 150 anos e faz parte de um conglomerado global de tecnologia que se destaca pela excelência em engenharia, inovação, qualidade, confiança e internacionalidade por 170 anos. A Siemens atua globalmente com foco nas áreas de eletrificação, automação e digitalização. Uma das maiores produtoras mundiais de tecnologias voltadas à eficiência energética e à economia de recursos, a Siemens é líder no fornecimento de soluções eficientes de geração e de transmissão de energia, pioneira em soluções de infraestrutura, automação, drives e softwares para a indústria. Por meio da Siemens Healthineers, sua subsidiária listada na bolsa de valores, a empresa também é uma provedora líder de equipamentos médicos de imagem - como tomografia computadorizada e sistemas de imagem por ressonância magnética - e líder em diagnósticos laboratoriais, bem como em TI clínica.

As primeiras atividades da empresa no Brasil datam de 1867, com a instalação da linha telegráfica pioneira entre o Rio de Janeiro e o Rio Grande do Sul. Em 1905, ocorria a fundação da empresa no País. Ao longo de sua história no Brasil, a Siemens contribuiu ativamente para a construção e para a modernização da infraestrutura. Hoje, os equipamentos e sistemas da Siemens são responsáveis por 50% da energia elétrica gerada nacionalmente, 30% dos diagnósticos digitais por imagem realizados no Brasil e estão presentes em 2/3 de todas as plataformas offshore brasileiras projetadas nos últimos 10 anos. Atualmente, a empresa Siemens conta com 13 fábricas e sete centros de Pesquisa e Desenvolvimento espalhados por todo o território nacional.

 

Para mais informações acesse nosso website: www.siemens.com.br

 

Para informações sobre a Siemens AG acesse: www.siemens.com