imprensa

Imprensa

Siemens fornece soluções e faz parcerias com Hospital Oswaldo Cruz e GreyLogix para ajudar no combate ao novo coronavírus 

A Siemens tem apoiado e disponibilizado seu conhecimento e suas soluções em diversas iniciativas no Brasil e no mundo para ajudar no combate à COVID-19. Uma dessas iniciativas foi em parceria com a GreyLogix, empresa de automação industrial e integrante do programa Solution Partner da Siemens. Com o avanço da pandemia, a GreyLogix percebeu um desafio na região entre os municípios de Mafra (SC) e Rio Negro (PR), no sul do país, onde está localizada: caso o número de infectados crescesse exponencialmente, as duas pequenas cidades dificilmente teriam respiradores em número suficiente para atender os infectados pelo novo coronavírus.

 

A falta de respiradores é uma das maiores preocupações das autoridades durante a pandemia. No Brasil, segundo o Ministério da Saúde, 60% das cidades não possuem respiradores. Por conta desse cenário, a GreyLogix decidiu produzir internamente respiradores para serem usados nas instituições de saúde da região. O foco de negócios da empresa é a indústria de alimentos, bebidas, papel & celulose, química, entre outros – não a área da saúde. Portanto, o desafio era enorme. Dessa maneira, para garantir que o equipamento produzido seguisse os requisitos clínicos necessários, o time da empresa trabalhou em conjunto com médicos, enfermeiros e fisioterapeutas da prefeitura de Mafra e de cidades vizinhas, validando os resultados com equipe médica e de engenharia clínica do Hospital SOS Cárdio, em Florianópolis (SC). O projeto contou também com apoio do SENAI e da empresa SC Hospitalar, em São José (SC), para realizar aferições no equipamento.

 

Para garantir a escala e a velocidade da produção, a GreyLogix acionou a Siemens para auxiliá-la com o fornecimento de suas tecnologias. Entre as soluções da Siemens estão: uma tela gráfica sensível ao toque que permite que a equipe médica visualize à distância a situação de oxigenação dos pacientes, assim como ajustar o funcionamento com apenas alguns movimentos das mãos; e um controlador lógico programável que analisa em tempo real os dados gerados pelos sensores dos respiradores, criando alertas e executando comandos pré-programados. Esses dados podem ser analisados por médicos e enfermeiros a partir de uma estação central e não apenas no leito do paciente, o que agiliza o atendimento durante uma emergência e diminui a margem de erros.

 

“Na Siemens, acreditamos que precisamos tornar real aquilo que realmente importa para a sociedade. Em tempos de pandemia, trabalhar com projetos de respiradores se tornou uma das prioridades da empresa. A GreyLogix surgiu no horizonte no momento em que prospectávamos iniciativas voltadas para a crise do novo coronavírus, com as quais pudéssemos contribuir. É muito gratificante quando trabalhamos com propostas que fazem diferença na vida das pessoas.”, comenta o executivo da área de Factory Automation da Siemens, Daniel Guimarães. Como resultado desse esforço conjunto, os respiradores foram criados no tempo recorde de três semanas e agora aguardam a aprovação da Anvisa.

 

Impressão em 3D com Hospital Alemão Oswaldo Cruz

 

Outra iniciativa da Siemens foi com o Hospital Alemão Oswaldo Cruz, em São Paulo. A empresa identificou um projeto no hospital que tinha como objetivo desenvolver uma válvula em impressão 3D que permitiria utilizar, de maneira segura, respiradores não invasivos, evitando riscos de contágio da equipe médica durante o tratamento e permitindo também que pacientes contaminados e casos suspeitos pudessem conviver no mesmo ambiente.

 

Contando com apoio interno da Siemens Digital Industries Software, e com apoio do Instituto Biofabris/Unicamp, o processo para elaboração da peça levou menos de 15 dias e agora segue para o regime de produção em escala. 

“Foi uma grande vitória. Fizemos algo de muita relevância, em ritmo emergencial, como a situação demanda. Mostramos mais uma vez como a Siemens é uma parte importante da sociedade, seja por meio de suas tecnologias, seja integrando pessoas de diferentes capacidades”, diz o gerente de Contas Corporativas da Siemens, Rodrigo Melo.

Em seu último levantamento, o Hospital Alemão Oswaldo Cruz informou que já utilizou o sistema em 29 pacientes, com excelentes resultados. Destes, sete pacientes já receberam alta hospitalar e os outros estão se recuperando.

Contato para jornalistas

 

In Press Porter Novelli

Fábio Suzuki

Tel.: +55 11 4871-1493

E-mail: fabio.suzuki@inpresspni.com.br

 

Jordan Fraiberg

Tel.: +55 11 3323-3829

E-mail: jordan.fraiberg@inpresspni.com.br

 

Lúcia Calasso

Tel.: +55 11 3323-1548

E-mail: lucia.calasso@inpresspni.com.br

 

Siemens Brasil

Business Partner

Sheila Ivers

Tel.: +55 11 99833-1150

E-mail: sheila.ivers.ext@siemens.com

 

Siga-nos nas Redes Sociais:

Twitter: www.twitter.com/MediaServiceInd e www.twitter.com/siemens_press

Blog: https://blogs.siemens.com/mediaservice-industries-en

 

 

Sobre a Digital Industries

 

A Digital Industries (DI) da Siemens é líder em inovações de automação e digitalização. Colaborando com parceiros e clientes, promove a transformação digital nas indústrias de processo e manufatura discreta. Com seu portfólio de soluções para a indústria digital, fornece às empresas de todos os portes um conjunto completo de produtos, soluções e serviços para integrar e digitalizar toda a cadeia de valor. Otimizado para atender às necessidades específicas de cada setor, o portfólio exclusivo da DI ajuda os clientes a obter mais produtividade e flexibilidade. A DI constantemente adiciona inovações ao seu portfólio para integrar futuras tecnologias de ponta. Com sua sede global em Nuremberg, na Alemanha, tem cerca de 78 mil funcionários no mundo inteiro.

 

Sobre o Grupo Siemens no Brasil

 

A Siemens está presente no Brasil há cerca de 150 anos e faz parte de um conglomerado global de tecnologia que se destaca pela excelência em engenharia, inovação, qualidade, confiança e internacionalidade por 170 anos. A Siemens globalmente atua com foco nas áreas de eletrificação, automação e digitalização. Uma das maiores produtoras mundiais de tecnologias voltadas à eficiência energética e à economia de recursos, a Siemens é líder no fornecimento de soluções eficientes de geração e de transmissão de energia, pioneira em soluções de infraestrutura, automação, drives e softwares para a indústria. Por meio da Siemens Healthineers, sua subsidiária listada na bolsa de valores, a empresa também é uma provedora líder de equipamentos médicos de imagem - como tomografia computadorizada e sistemas de imagem por ressonância magnética - e líder em diagnósticos laboratoriais, bem como em TI clínica.

As primeiras atividades da empresa no Brasil datam de 1867, com a instalação da linha telegráfica pioneira entre o Rio de Janeiro e o Rio Grande do Sul. Em 1905, ocorria a fundação da empresa no País. Ao longo de sua história no Brasil, a Siemens contribuiu ativamente para a construção e para a modernização da infraestrutura. Hoje, os equipamentos e sistemas da Siemens são responsáveis por 50% da energia elétrica gerada nacionalmente, 30% dos diagnósticos digitais por imagem realizados no Brasil e estão presentes em 2/3 de todas as plataformas offshore brasileiras projetadas nos últimos 10 anos. Atualmente, a empresa Siemens conta com 13 fábricas e sete centros de Pesquisa e Desenvolvimento espalhados por todo o território nacional.

 

Para mais informações acesse nosso website: www.siemens.com.br

 

Para informações sobre a Siemens AG acesse: www.siemens.com