Uma motocicleta inteligente a caminho da vitória

Petra Fuchsíková e sua Honda CBR 600RR - juntas correm e colecionam troféus. Recentemente, a equipe ganhou um assistente novo e eficiente - MindSphere, o sistema operacional de IoT aberto e baseado em nuvem da Siemens.  

Moto de corrida com MindSphere

Petra Fuchsíková teve a ideia de conectar sua moto de corrida ao MindSphere quando a plataforma estava sendo lançada no mercado tcheco. A solução em nuvem era nova e, no início, havia um número limitado de exemplos de uso real.

 

“Tínhamos apenas estudos de caso disponíveis no exterior; todas as informações eram indiretas. Então pensei em criar meu próprio projeto e conectar uma máquina que conhecia muito ao MindSphere”, diz Petra Fuchsíková.

 

“Assim, poderíamos apresentar dados reais que poderiam impressionar mais os clientes do que, digamos, uma máquina comum. Este foi o nascimento da ideia de uma motocicleta inteligente e, graças a um colega da minha equipe que escolheu e encomendou o hardware adequado, toda a solução se tornou uma realidade". 

Motocicleta “inteligente”

À primeira vista, não dá para ver que se trata de uma moto “inteligente” equipada com sensores sensíveis instalados em várias partes da moto. Exceto pelo garfo, todos os sensores estão ocultos pela carroceria. O motivo é bastante comum: em caso de queda, a tecnologia pode ser danificada, mesmo que os sensores sejam colocados dentro de caixas impressas em uma impressora 3D. 

Conectado à nuvem

Durante as sessões de treinamento e corridas, os sensores coletarão dados brutos não apenas da motocicleta, mas também do ambiente externo. Após o envio dos dados para o MindSphere por meio de um aplicativo, eles serão analisados e o conhecimento adquirido servirá para aprimorar a configuração da motocicleta. Esta tecnologia digital fornece ao piloto um feedback excepcional e a possibilidade de melhorar não só a condição técnica de sua máquina, mas também sua estratégia de corrida e estilo de pilotagem.

 

A equipe de corrida usa o aplicativo Fleet Manager, um componente gratuito da plataforma MindSphere, para analisar os dados da motocicleta. Graças a ele, foi possível monitorar medições de dados individuais, comparar valores salvos em um período selecionado e criar gráficos. Outra função do aplicativo Fleet Manager é a criação de regras. “Podemos criar limites avançados para as quantidades medidas e, se forem ultrapassados, o sistema nos alertará”, explica a piloto.

Análise de dados na nuvem

A equipe de corrida pode exibir os dados enviados ao MindSphere pelos sensores da motocicleta e avaliados por meio do aplicativo Fleet Manager online durante a viagem ou offline a qualquer momento que for necessário. A própria piloto não pode monitorar os dados - isso não combina bem com andar em altas velocidades. No entanto, se necessário, seus colegas nos pits podem contar a ela sobre um perigo iminente legível a partir dos dados usando o altofalante em seu capacete. “Por exemplo, eles podem me dizer que meu pneu traseiro não está quente o suficiente para uma frenagem extrema ou um ângulo de inclinação extrema em uma curva”, diz Petra Fuchsíková.

Analisando dados rapidamente

A análise rápida de dados diretamente no circuito também é de grande benefício em situações sem perigo iminente. Ela permite que os mecânicos reajam aos dados exibidos e configurem a motocicleta para obter os melhores resultados possíveis imediatamente após o piloto retornar de sua sessão de treinamento.

 

A análise aprofundada dos dados é então realizada pela piloto e sua equipe na paz e tranquilidade de seu escritório, onde é possível ver muitos outros aspectos de um determinado percurso. "Nesse momento, podemos usar as bibliotecas do MindSphere e processar os dados usando uma lógica de ordem superior. Por exemplo, podemos usar redes neurais, aprendizado de máquina, análise preditiva e outras, que estão embutidas nas bibliotecas da plataforma Siemens", explica Petra Fuchsíková.

Petra Fuchsíková tem um Ph.D. em Engenharia e trabalha para a Siemens na República Tcheca como Consultor Digital Enterprise & MindSphere, é um motociclista excepcional. Na série europeia de corridas amadoras para pilotos não licenciados, ela ficou em primeiro lugar no ranking geral da Copa em 2017 e 2018, conquistando o segundo lugar em sua entrada na série em 2015, 2016 e 2019.

Ao contrário das corridas profissionais, as corridas não licenciadas, treinamentos, qualificações e corridas acontecem dentro de um dia. A classificação geral do campeonato é determinada pelo número de pontos coletados em cada corrida. Se os pontos forem iguais, o maior número de melhores colocações é decisivo.

Comparada a uma motocicleta de produção normal, a motocicleta MindSphere é equipada com uma gama de recursos especiais de corrida - rodas de um material mais leve com peso mínimo, amortecedores dianteiro e traseiro, componentes de controle de corrida (guidão, pedais, alavancas e câmbio rápido) , um amortecedor de direção, uma bomba de freio de corrida, uma admissão direta, um sistema elétrico de corrida e um escapamento Akrapovič. O motor utilizado é um modelo de produção regular para cumprir os regulamentos da classe Supersport em que a moto compete.

 

June 2020

Assine a nossa newsletter

Fique sempre atualizado: tudo o que você precisa saber sobre eletrificação, automação e digitalização.