#FiqueEmCasa– no laboratório

Fique em casa, mas trabalhe no laboratório e reúna-se com seus colegas

No novo laboratório de simulação virtual, você pode experimentar os mais recentes desenvolvimentos no campo da simulação e da tecnologia de gêmeo digital quase como se estivesse realmente na unidade da Siemens em Munique. 

A matemática ganha vida no laboratório de simulação. Por exemplo, há um demonstrador que permite ver o quão difícil pode ser remover resíduos de poeira do processo de produção de todos os cantos de uma estrutura oca impressa em 3D. Usando dois joysticks, você pode girar um cubo oco com uma geometria interna complexa em qualquer direção. Quando o cubo é girado corretamente, a areia fina escorre. O programa desenvolvido pelos pesquisadores da Siemens utiliza a simulação para resolver esse problema com muito mais êxito, como o demonstrador mostrará.

 

Obviamente, devido à pandemia de Corona, ninguém pode estar fisicamente presente neste laboratório no momento – nenhum cientista e, certamente, nenhum visitante ou cliente. Mas ainda é possível usar o removedor de poeira e muitos outros demonstradores, apenas de uma maneira diferente: virtualmente.

Melhor com óculos de realidade virtual

“Tivemos a ideia de criar um laboratório de simulação virtual há muito tempo”, diz Theo Papadopoulos, da Siemens Corporate Technology. “Foi o vencedor de uma competição interna de soluções digitais. Na época, é claro, nenhum de nós pensava na possibilidade de uma pandemia que obrigaria todos a ficar em casa. Mas ainda é possível visitar o laboratório virtual, que podemos usar como sua contrapartida real para criar nossas soluções mais importantes. Nossos clientes e parceiros de projeto podem descobrir o que está acontecendo e podemos fazer nosso trabalho lá. Usando óculos e controladores de realidade virtual, parece que realmente estamos no laboratório.” Christoph Heinrich, Líder de Grupo da Siemens Corporate Technology, que idealizou a competição interna de ideias, acrescenta: “Foram necessárias apenas duas semanas para transformar a ideia em realidade. E o fato de agora podermos continuar usando os demonstradores de nossos home offices deixa isto ainda mais satisfatório.”

 

Meet & Greet

É possível até que os colegas de trabalho se encontrem virtualmente dessa maneira.  “De fato, os vários visitantes que usam o laboratório ao mesmo tempo podem estar em diferentes países”, explica Papadopoulos. “Mas nos sentimos como se nós – ou nossos avatares, pelo menos – estivéssemos todos juntos. Em algum momento, poderemos nos encontrar novamente pessoalmente, sem riscos, mas talvez o laboratório virtual também seja um modelo para o futuro, para nos ajudar a evitar viagens desnecessárias, que consomem muita energia.”

Aenne Barnard  - abril de 2020

Assine a nossa newsletter

Mantenha-se atualizado o tempo todo: tudo o que você precisa saber sobre eletrificação, automação e digitalização.