“Conseguimos reduzir os custos de manutenção em até 16 por cento”

A operação uniforme das turbinas a gás industriais é essencial para a fabricante argentina de fertilizantes Profertil. É por isso que ela tornou-se o primeiro cliente em todo o mundo a ter um novo conceito de manutenção digital personalizado da Siemens, e, como resultado, ampliou os intervalos de manutenção de sua turbina em até 30 por cento ao passo que reduziu seus custos de manutenção em até 16 por cento.

 

Por Tim Rokita

A Profertil é um dos maiores produtores mundiais de ureia, um importante produto de base para fertilizantes usados na agricultura. Todos os anos, a empresa produz mais de 1,3 milhão de toneladas de ureia. Para o complexo processo de fabricação, a Profertil precisa não apenas de eletricidade, mas também de vapor e um compressor.

 

É por isso que, em 2012, ela decidiu investir em uma nova estação elétrica industrial em sua principal instalação de produção na cidade costeira de Bahía Blanca, na Argentina. Uma turbina a gás industrial SGT-600 da Siemens está no coração da nova instalação, que começou suas operações em 2015. Ela aciona tanto um gerador para produção de eletricidade quanto um compressor. Também usa um gerador de vapor de recuperação de calor para fornecer vapor de processo para a produção de fertilizantes.

 

Isso significa que ela executa três tarefas fundamentais no processo de produção geral. Uma interrupção imprevista paralisaria toda a operação e causaria perdas consideráveis para a Profertil. Tempos de inatividade regulares para atividades de manutenção também podem atrapalhar os processos de produção.

Manutenção de turbinas a gás digital e personalizada

“Após a instalação da nova turbina a gás, o maior desafio foi coordenar as atividades de manutenção com nosso cronograma operacional para assegurar um alto nível de disponibilidade e confiabilidade”, explica Claudio Pérez, Supervisor de Confiabilidade e Inspeção da Profertil. A Siemens introduziu o FlexLTP exatamente quando a Profertil buscava o conceito de serviço certo para a sua turbina a gás industrial. Este novo e flexível programa de serviços de longo prazo aproveita as oportunidades oferecidas pela digitalização e proporciona um serviço precisamente coordenado com a turbina industrial do cliente.

 

O FlexLTP combina análises de dados de operação da instalação e informações sobre condições ambientais e propriedades de componentes com dados da frota coletados ao longo de décadas. Os sensores na turbina registram dados operacionais em tempo real e os encaminham para o Centro de Diagnóstico Remoto por meio da sala de controle. Isso significa que a Siemens pode observar e prever precisamente as necessidades de manutenção e o desgaste que afetam os componentes individuais. Assim, todas as atividades de manutenção podem passar por um processo de melhoria contínua.

 

Álvaro Casas, Gerente de Projetos LTP na Siemens, lembra: “A Profertil estava procurando um serviço que fosse confiável e flexível e ajudasse a evitar interrupções imprevistas. Analisamos as sequências operacionais na fábrica de fertilizantes e calculamos os melhores tempos para o trabalho de manutenção. O resultado foi termos conseguido oferecer à empresa um contrato de serviços perfeitamente adaptado às necessidades do cliente.”

Intervalos mais longos e menores custos de manutenção

“Conseguimos reduzir os custos de manutenção em até 16 por cento à medida que estendemos os intervalos de manutenção em até 30 por cento para podermos gerar mais eletricidade e reduzir os custos do ciclo de vida”, diz Claudio Pérez, Supervisor de Confiabilidade e Inspeção da Profertil. A redução nos custos de manutenção foi significativa a esse ponto porque apenas as atividades de manutenção verdadeiramente necessárias foram realizadas. O benefício para o cliente é a máxima disponibilidade e, ao mesmo tempo, a extrema confiabilidade da turbina.

07 nov 2017

Tim Rokita, jornalista livre na Alemanha

Créditos das imagens: Siemens AG

Inscreva-se na nossa Newsletter

Mantenha-se atualizado em todos os momentos: tudo o que você precisa saber sobre eletrificação, automação e digitalização.