Projeto Coamo

Uma cooperativa agrícola brasileira idealizou uma fábrica que fosse capaz de processar milhares de toneladas de soja por dia.

Para concretizar seus planos, equipamentos de distribuição de energia e automação industrial seriam cruciais.

Mas o empreendimento evoluiu para um patamar superior a projetos similares, com a incorporação de muitas soluções digitais em toda a cadeia de produção.

Descrição do projeto

A Coamo Agroindustrial Cooperativa é líder no processamento de grãos e inaugurou, em dezembro de 2019, um grande complexo de óleos vegetais em Dourados, no Mato Grosso do Sul. Ao longo do desenvolvimento do projeto, um dos desafios da empresa era aumentar a produtividade e otimizar a implementação e atividades da fábrica.

 

Atuando em parceria com o cliente, a Siemens desenvolveu um conceito inovador de soluções, desde a entrada de energia em subestação isolada a gás à distribuição em eletrocentros. À medida que o projeto ia evoluindo, a cooperativa percebia as inúmeras vantagens de incorporar soluções digitais ao longo de toda a cadeia de processos da nova planta.

 

Para consolidar esse projeto complexo e altamente desafiador, a Siemens envolveu três áreas de negócios: Digital Industries, ao equipar a indústria de óleos vegetais com um pacote completo de automação; Energy, com o fornecimento do escopo de uma subestação de entrada isolada a gás; e Smart Infrastructure, com o fornecimento dos eletrocentros que alimentam os equipamentos da planta, além dos painéis de baixa e média tensão e portfólio da área de Building Products que contempla os sistemas para detecção de incêndio.

 

Devido às soluções inteligentes implementadas, o projeto permite a simulação de atividades na fábrica da Coamo como a realização de treinamentos com profissionais antes mesmo do início dos trabalhos na unidade. Além disso, a planta totalmente digital conta com engenharia e operações integradas, produção em tempo real, transparência energética e total suporte da Siemens à cooperativa.

 

Inaugurado há seis meses, o novo complexo industrial da Coamo gerou mais de 300 empregos diretos para a cidade de Dourados, no Mato Grosso do Sul, e tem capacidade para processamento de 3.000 toneladas de soja por dia, produção de farelo de soja, e uma refinaria para 720 toneladas de óleo de soja, o equivalente a 15 milhões de sacas.

A Coamo é uma cooperativa inovadora, forte e estruturada para atender a demanda dos seus mais de 29 mil cooperados, presentes em três Estados (Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul) e este processo de inovação implantado nas suas fábricas no Mato Grosso do Sul coloca a cooperativa em posição de destaque com o fornecimento ofertado pela Siemens. Quanto mais buscamos soluções digitais e inovadoras temos a certeza que iremos garantir um melhor funcionamento da planta em todos os sentidos, na eficiência nos processos e na gestão”
Divaldo Corrêa Diretor Industrial - Coamo

Como funciona uma indústria digital?

Entenda como soluções de automação e digitalização podem ser coordenadas para criar uma autêntica indústria digital.

Conheça mais sobre as soluções para indústrias digitais

Contato

Fale com nossos especialistas